16 de maio de 2011

Resenha: Destino - Ally Condie

Editora: Suma das Letras

Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família. Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander - bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos -, tudo parece bom demais para ser verdade. Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés. Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.
Eu estava super animada para ler esse livro. Já tinha lido várias resenhas positivas. Contudo, estava com medo de ter tantas expectativas sobre o livro e ele não fosse tão bom como eu imaginava.
Bom, vamos começar do inicio. Somos transportados para outra realidade, uma realidade futurística (como em Feios do Scott Westerfeld) e lá a Sociedade é quem manda. Como diz a sinopse, não existe mais opinião, a sociedade escolhe tudo por ti. A personagem principal é a Cassia, uma menina normal, que está nervosa com o seu Banquete do Par. Eu tinha achado, primeiro, que o Banquete do Par era algo incrível, você não iria precisar se preocupar em achar alguém, não ia ficar nesse desespero e tudo mais. Eu realmente achei que a Sociedade fosse perfeita. Mas assim como Cassia, fui descobrindo junto com ela que não é bem assim. E junto com Cassia, fui me apaixonando por Ky.
Eu adorei a obra, achei que o tema foi muito bem tratado, a Sociedade foi lentamente se desmascarando. Cassia não era bobinha, ela tomou uma atitude, ela seguiu seu coração, ela não deixou que a sociedade pensasse por ela.
As partes que Ky ensina ela a escrever são lindas, para nós a escrita é algo tão banal. Todavia, não paramos para pensar que muitos já estão substituindo a caneta e o papel pelo computador. Temos que guardar aquilo que é nosso. Temos que guardar a escrita, os livros de papel. Temos que guardar nossas opiniões próprias.
Bom, para não deixar esse post muito longo (poderia falar muito mais do livro, mas ficaria chato) vou resumir o que eu achei do livro.
Eu adorei. Achei a história muito boa, o romance foi muito bem escrito, nenhum dos personagens me irritou, adorei todos. Todos com seus erros e acertos, são humanos afinal de contas. Adorei a forma com que Cassia evolui durante a história, é perceptível, e eu adorei o modo futurístico que a autora aborda.
Recomendo muito a todos.

5 comentários:

  1. Já estava com muita vontade de ler esse livro, agora estou mais ainda!
    Ótima resenha!

    Nataly Nunes
    www.critiquinha.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei seu blog estou seguindo beijos

    ResponderExcluir
  3. nunca li o livro fazendo meu filme mas quero muito ler

    ResponderExcluir
  4. Quero ler, quero ler, quero ler! Todas as resenhas foram positivas e adoro essa coisa de ficção científica, principalmente depois de você citar "Feios", já sei que vou adorar o livro. É só agora, durante uns dois anos, que eu venho percebendo ou sempre foram lançados TANTOS livros Young Adult assim? Assim vou a falência!

    ResponderExcluir
  5. Ahh.. a cada resenha que leio do livro fico com mais vontade de ler.... adorei!! Estou muito curiosa, não vejo a hora de começar a ler.

    ResponderExcluir