12 de setembro de 2011

Resenha: Revolução dos Bichos - George Orwell

Editora: Companhia das Letras 
Esse foi um livro solicitado para a escola. Eu não achei nenhuma sinopse que não desse milhões de spoilers e não fosse muito extensa. Então comentarei sobre o livro durante a resenha. Eu comecei o livro com um pé atrás pelo fato de não gostar muito de livros/filmes onde animais falam. Tirando Alice no país das maravilhas e alguns desenhos animados, mas em parte, eu não gosto.
       É um livro bem diferente do que eu costumo ler e resenhar no blog, então a resenha será diferente, todavia, não vi porque em não fazê-la.
      Os animais da Granja do Solar estão revoltados devido aos mal tratos do seu dono. O Major, um porco muito velho, teve um sonho onde os bichos fariam uma Revolução e criariam uma sociedade igualitária. Ele compartilhou com os outros animais o sonho e criaram na mesma noite a música “Bichos da Inglaterra”.
            O Major morre, mas a ideia de Revolução permanece viva. Até que um dia, os bichos conseguem expulsar seu dono da fazenda e impõe a nova sociedade igualitária, chamada de Animalismo.
            O livro possui uma forte crítica ao socialismo e a Revolução Russa. Os princípios do Animalismo podem ser facilmente comparados com os princípios do Socialismo.
            Até uma parte, tudo vai bem. Todos os animais possuem alimentos suficientes, participam de todas as reuniões e tudo mais. Até que o porco Napoleão resolve armar para cima do porco Bola de Neve, expulsando-o da fazenda. E então, Napoleão começa a implementar uma espécie de Totalitarismo na fazenda. Modificando os mandamentos iniciais e contradizendo tudo o que eles disseram no inicio da Revolução.
            A crítica é extremamente bem escrita e ao mesmo tempo, é muito fácil de relacionar o livro com a Revolução Russa. George Orwell, não queria realmente esconder o que pensava de tudo aquilo. A leitura é rápida e flui com facilidade. Eu me surpreendi bastante com o livro, comecei com uma ideia e terminei com outra. O final realmente me surpreendeu bastante.
            Eu não recomendaria para todos. Mas quem gosta de livros desse estilo, vale a pena ler. Mas avisando que é muito diferente do que estou acostumada a ler e a resenhar. Quando ler, deve ler com outra mente e com um fundo histórico.

8 comentários:

  1. "A leitura é rápida e flui com facilidade" comigo foi o oposto. O livro se arrastou, a cada quatro páginas eu já estava mais do que cansada. O livro não teve nenhum apelo para mim, sabe? De fato é um livro bom porque cumpre sua finalidade e mostra uma crítica bem escrita, fato, mas para ler este livro acho que deve haver um contexto: você deve estar interessado em saber sobre a revolução, socialismo, enfim, porque como uma leitura "passa tempo", comigo não funcionou. Beijo gabi!

    ResponderExcluir
  2. Ni: Com certeza para ler esse livro a pessoa deve estar interessada nos fatos históricos. E eu por sorte adoro história e tudo isso, então foi tudo muito bem. A leitura, eu concordo, não é passa tempo, mas como não tinha escolha né rsrs.

    Gabi

    ResponderExcluir
  3. Me lembro que 1984 ( outro livro do autor ) foi paradidático da série abaixo da nossa e me lembro que fiquei super curiosa sobre o livro.Não cheguei a procurar mais ,mas acho que esse livro que você resenhou hoje bem interessante principalmente porque eu adoro historia !
    Beijos
    Thaila
    onlycrazygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Thaila: Para quem gosta de história é um prato cheio haha. Eu ouvi falar de 1984, mas não tenho interesse de ler no momento.

    Gabi

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi, eu peguei esse livro na biblioteca uma vez e adorei! Muito inteligente a crítica feita por trás da história dos animais da fazenda, o Orwell (ou melhor o Eric Arthur Blair, por George Orwell é um pseudônimo justamente pelo caráter da denúncia que o autor escrevia) era um homem muito corajoso e inteligente, pois não só esse como também o livro 1984 era completamente inovador para a época, sendo o 1984 ainda melhor e mais complexo do que esse! Realmente adorei! ^^

    Como você disse, é meio diferente da maioria dos livros que as pessoas estão acostumadas a ler, mas se eu pudesse dar um conselho à todas eu com certeza falaria que vale a pena ler o Orwell, principalmente esses dois livros mais famosos do autor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eduarda: Ele era sim muito corajoso!! Eu não teria coragem de publicar um livro assim no periodo em que ele publicou! Concordo, mas depende dos gostos de leitura...

    Gabi

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabi! Não fazia ideia de que o livro era sobre isso e pelo meu gosto mega eclético, acho que é o tipo de leitura que eu gostaria! Parace bem interessante mesmo a crítica que ele faz e a história dos porquinhos!
    Pretendo ler agora :)

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir
  8. Adriana: O livro surpreende mesmo. Depois me diz o que achou!!

    Gabi

    ResponderExcluir