11 de janeiro de 2012

Resenha: Divergent - Veronica Roth

Minha resenha de forma muito resumida poderia ser assim: leiam esse livro.
Mas como não consigo resumir os meus sentimentos por esse livro em apenas isso, vamos a mais uma resenha!
O livro é uma distopia que se ambienta na cidade de Chicago. A cidade é dividida entre cinco facções. Cada cidade tem uma virtude. Candor são os honestos, onde é proibido mentir e todos dizem a verdade. Abnegation são os generosos, onde sempre se pensa no outro e nunca em si mesmo. Dauntless são os bravos e corajosos, onde o medo não tem espaço. Amity são os tranquilos. Erudite são os inteligentes, um local onde a inteligência e o conhecimento são prezados mais do que tudo.
Quando se faz 16 anos, os adolescentes são obrigados a escolher qual facção vão viver para o resto das suas vidas. Beatrice tem que tomar essa decisão. E a ideia de deixar sua família para trás não é acolhedora, mas ela sente não se encaixar na facção em que nasceu.
Não quero dar spoilers porque o legal do inicio do livro é realmente ir se surpreendendo aos poucos. Depois que a Beatrice escolhe sua facção, ela muda seu nome para Tris e é ai que a maior aventura da vida dela vai começar.
O livro é muito bom. Lembra um pouco Jogos Vorazes, mas o livro segue um rumo totalmente diferente e a sociedade apresentada é totalmente diferente.

Tris é uma pessoa forte e diferente. Isso porque seu teste de aptidão – tomado antes do dia da escolha da facção – deu um resultado diferente. E por algum motivo que ela desconhece, ela precisa manter isso em segredo.
Também temos um pouquinho de romance. Bem mais que em Jogos Vorazes, preciso acrescentar, e o Four é demais. Só assim para caracterizar ele, ele é tudo que alguém pode querer e ainda mais.
A sociedade e esse mundo novo que a autora nos apresenta – de uma forma incrível, preciso dizer – é fascinante. A explicação de por que eles decidiram criar as facções é fascinante, eu mergulhei na história e não sai mais até terminar o livro. E mesmo terminando ele, ainda estou com as ideias e personagens na cabeça.
A narrativa dela é brilhante. Não é cansativa, não tem partes cansativas, é fluida e é muito agradável de se ler. O final então é uma montanha russa emocional entre felicidade e tristeza. Admito que a autora também não teve muita compaixão por uma personagem muito querida por mim.
Simples assim, o livro é muito bom. Os personagens são extremamente bem caracterizados e bem criados, todos com seus pontos fortes e fracos, as facções são bem explicadas e o livro inteiro segue um ótimo ritmo para se ler.
O livro tem uma continuação, mas o final foi ótimo. A Veronica Roth soube conduzir toda a história de uma maneira brilhante até chegarmos naquele momento onde tudo termina de uma forma onde vemos uma ponte para um próximo volume, mas não deixa o leitor com mil perguntas não respondidas em mente.

10 comentários:

  1. Sua primeira frase já me ganhou. :)

    Tenho amigas que falam muito bem da história, já peguei o livro na mão VÁRIAS vezes, mas nunca trago pra casa...

    Adoro distopias e adorei sua resenha, então talvez eu - finalmente! - compre o livro! *___*

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  2. Gabi, já disse uma vez aqui, mas repito, tenho muita vontade de ler Divergent!!!
    Vou esperar a Rocco lançar por aqui, apesar do preço mais salgado...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a Resenha, com ela você me deixou super ansioso para lê-lo. Tipo tem previsão de lançamento aqui no Brasil?

    Lucas bjs bjs ;*

    ResponderExcluir
  4. Mas que delícia de história! Nossa Gabi, fiquei muito curiosa. Quero demais ler este livro - principalmente agora, que me sinto SUPER in ficção científica, sabe? E essa ideia das facções... Uau. Já entrou para a lista - se encontrar, o preço estiver bom... Já é meu. Porém, nunca vi esse livros nas estantes não!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Eu me arrependo ATÉ HOJE por ter pego este livro na mão uma vez, quando fui na Saraiva, e deixei ele lá... Depois, quando eu fui lá realmente na intenção de comprar ele, simplesmente não tinha mais.

    Nossa, se arrependimento matasse... Nem preciso dizer como eu estaria agora! =(

    Mas fico feliz que você tenha gostado - eu espero gostar de ler ele também! Rsrsr

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  6. Deuses, ainda bem que coloquei esse livro na minha lista do Debut *-*
    Sua resenha me deixou MUITO empolgada para ler, tipo no nível de Delirium!!!
    Espero que a Rocco lance logo pois a história tem tudo para me conquistar, ainda mais se é parecida com JV mas com MAIS ROMANCE (amei isso)!!!

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir
  7. Esse ano eu coloquei bastante chick-lits na minha meta (leia-se 85%) e sua resenha me empolgou muito, então assim que o livro for lançado aqui leio, que é para fugir um pouco do "foco principal". Adorei a resenha *-*

    ResponderExcluir
  8. Juh: O livro é muito bom!! Vale muito a pena ler.

    Lucas Martis: Pois é, os preços da Rocco são meio salgados. E eu estou com medo de como será a tradução!

    Lucas Lima: O lançamento será esse ano, não tem previsão de mês ainda.

    Ni: Acho que tu vai gostar do livro Ni :)

    Henri: eu já fiz isso várias vezes com esse livro! Pegava e soltava, até que eu finalmente comprei :)

    Adriana: O romance é muito, muito fofo haha

    Rafaela: É bom dar uma variada! Eu enjoo quando leio vários livros do mesmo estilo seguidos, gosto de ir alternando.

    Gabi

    ResponderExcluir
  9. Oi!

    Aaaah eu quero, não sabia que era tudo isso, agora eu preciso dele :) parece excelente. Adorei a ideia das facções.

    Bjuss

    ResponderExcluir
  10. Não vejo a hora deles lançarem esse livro! Não aguento mais esperar. Não li uma resenha negativa ainda sobre ele! Hahaha
    Beijo

    Carine
    @meiolivro

    ResponderExcluir