20 de janeiro de 2012

Resenha: Pegando Fogo! - Meg Cabot

Editora: Galera Record
Normalmente, levo dois dias para ler qualquer livro da Meg Cabot. A narrativa dela é muito rápida. Nesse, levei menos de 24hrs. Eu não costumo ler livros em um dia, mas foi inevitável, quando eu vi, o livro já tinha terminado.
Katie Ellison é uma mentirosa de mão-cheia e ainda por cima guarda um grande segredo sobre seu antigo melhor amigo, Tommy, que, quatro anos antes, criou um sério tumulto e acabou saindo da cidade. Agora, ele está de volta, e Katie vai ter que decidir se prefere continuar com as mentiras para manter as aparências, ou se finalmente vai abrir a boca e aceitar que as coisas nunca mais serão como antes.
Katie é uma personagem complicada de se comentar. Pessoalmente, eu não gostei das atitudes dela no livro. Briguei com ela diversas vezes. Eu ficava dizendo para ela ‘escolhe um menino Katie. Apenas um ok?’. Eu nunca gostei desse tipo de atitude, e não consegui achar um motivo lógico para os atos dela serem explicados. Normalmente, quando um personagem se comporta de um jeito que eu não considero o 'certo' eu sempre vou ver o por quê. Mas desculpa Katie, não achei motivo que pudesse explicar tudo isso. Enfim, ela não é minha personagem favorita, mas não posso negar que ela rende boas cenas.
Eu não sabia mais se estava torcendo por ela ou contra ela lá na metade do livro. Admito que as vezes queria que alguém pegasse ela no flagra e daí sim, a confusão seria grande. Quando meu lado malvado passava, queria que ela de uma vez por todas, se ajeitasse na vida.
E ela foi muito corajosa de dizer tudo que disse e do jeito que disse no final. Pontos para ela. Gostei do que ela disse sobre os jogadores de futebol. Foi quando começamos a concordar uma com a outra. 
Eu adorei o Tommy, ou Tom, como ele prefere. É mais um personagem fofo que a Meg conseguiu criar!
Eu teria gostado mais do livro se não tivesse reprovado tanto as atitudes da Katie. Porque apesar disso, a narrativa da Meg Cabot é muito boa. É um livro divertido, rápido e gostoso de se ler.
Temos o clima de high school, mas o livro não se passa literalmente na escola, o que foi um diferencial legal. Eu gostei bastante do desenrolar da história e como a Katie foi amadurecendo.

11 comentários:

  1. Eu ainda não li Meg Cabot, mas sempre que vejo uma resenha sobre os livros dela, eu fico entusiasmada pra ler.
    Essa questão do segredo que a personagem esconde "atiça" muito a curiosidade. É o tipo de leitura que flui de maneira fácil e divertida.
    Eu gosto e já está na imensa lista! :)

    Bjs ;)

    ResponderExcluir
  2. Um dos meus livros favoritos, aquele livro que eu posso ler 1 milhão de vezes! Já cheguei a acabar de ler o livro e reler na mesma hora HAHAHAHA! Verdade, é uma história rápida, gostosa, para ser lida de uma vez só, em minha opinião.
    Bom que gostou! Também reprovo a atitude da protagonista umas 2319032 vezes, mas acho que esse é 1 dos motes da história, né?

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não consegui ler nenhum livro da Meg =/ Sou louca para ler os livros dela, afinal só leio elogios!
    Tenho vontade de ler esse livro, tomara que eu simpatize com a protagonista, pq sou daquelas que briga feio com os personagens quando não gosto kkk'
    Adorei a resenha e seu blog, parabéns *--*
    Bjs, Emmy
    Literary World
    http://www.literatura-emmy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário Emmy :)
      A Meg, de fato, escreve muito bem. Vale a pena ler uma obra dela!

      Gabi

      Excluir
  4. Esse livro está na minha lista também!!!! Mas agora fiquei com pé-atrás a protagonista é dessas??? Desanimei um pouco...

    Rafa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A protagonista faz algumas coisas que eu não gostei, mas não deixa o livro ser chato. O que ela faz realmente dá o andamento para a história! O livro é muuito divertido e é ótimo para passar o tempo!

      Gabi

      Excluir
  5. Sabe aqueles livros que, quando foi lançado lá fora, você tinha uma vontade louca de ler... Aí ele chega por aqui, mudam a capa (ou o nome)e aquela vontade mágica simplesmente desaparece e tudo esfria?!

    Então, este é o meu caso com ''Pegando Fogo''.

    Eu não gosto desta capa... Na verdade, até hoje não sei como escolheram ESTA imagem para o livro. Quero muito ler, mas não com essa imagem! #SouDesses

    Acho que vou comprar um paperback em inglês mesmo do livro - sempre tive curiosidade em conhecer a personagem ''mais bitch'' da Meg! rsrsr

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  6. Gabi, não me impressiono pelo fato de você ter lido o livro tão rápido... Sei bem o quão gostosa é a narrativa da Meg, apesar de ter lido apenas um conto da autora.
    Eu já tinha vontade de ler um romance dela, este vai pra lista!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Um livro super interessante, uma personagem mostrando o lado vilã, quebrando clichês!
    Gostei da sinceridade em sua resenha.

    Estou seguindo aqui, e lhe convido a conhecer o Clube dos Novos autores, se quiser seguir, será muito bem vindo!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Ameeei a resenha flor!
    Ahhh, tem sorteio de livro lá no meu blog! Participa, acho que vc vai gostar :D
    Beeeeeeeeeeijos enormes,
    Mari.
    www.planetamariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabi! :D
    Estou louca para ler este livro - e vários outros da autora :x - e realmente a narrativa dela é sempre bem leve e divertida. Gostei muito da tua resenha!
    Essa Katie me deixou muuuuuito curiosa. E esse segredo do Tom então? HAHAH Adoro quando a Meg cria personagens diferentes e foge um pouco do clichê de mocinha e vilã. (:

    Beijos,
    @umalimonada - http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir