9 de agosto de 2012

Resenha: Cidade Mágica - Drew Lerman


Editora: Bertrand Brasil

Cidade Mágica é um livro que faz o leitor pensar. Henry, o personagem, tem muitos pensamentos que eu também tenho, ele vê muitas coisas da mesma maneira que eu vejo e isso foi muito legal. Drew Lerman começou a escrever Cidade Mágica no ensino médio, o que faz tudo mais real e verdadeiro. Um livro sobre adolescentes escrito por um adolescente. É incrível!
Para mim, não é a história do livro que chama a atenção e que prende o leitor, e sim a maneira como ela é contada. Os personagens que fazem parte dela e tudo mais. Henry sofre de estresse pós-traumático e precisa tomar remédios para controlar isso. Ele namora Becca e sua vida segue em um ritmo estável. Até que Becca termina com ele, e Henry começa uma amizade com Charlie.
Charlie é um menino que gosta de chamar atenção. Ele vive para uma plateia, e vive no momento, sem pensar nas consequências. Henry e Charlie são o oposto um do outro.
"É importante questionar as coisas. É importante não aceitar tudo o que nos dizem" - Drew Lerman
Os diálogos entre os personagens nesse livro são impecáveis. Tanto pela forma como são escritos quanto pelo conteúdo. Henry é um menino cheio de dúvidas. Ele questiona a vida, a escola, tudo. E estando na mesma faixa etária do personagem, é assim mesmo. É um período confuso. Onde o certo e o errado se misturam. O que é certo? O que é errado? Por que eu preciso fazer isso?
É muito fácil se encontrar no personagem. Enquanto eu lia eu senti que alguém entendia o que eu sinto. Cidade Mágica foge 'lugar do comum' dos livros para adolescentes. Não é mais do mesmo, é diferente. Me deixou instigada do inicio ao fim e eu não queria que terminasse. Queria continuar convivendo e pensando junto com os personagens.
Cidade Mágica é um daqueles livros que realmente vale a pena ler.

7 comentários:

  1. Esse livro de sábado não passa, compro na Bienal de qualquer jeito!

    ResponderExcluir
  2. Vou ganhar o meu exemplar hoje, do sorteio da Ni... (fazendo figa)

    :D

    ResponderExcluir
  3. Gabi, estou bem curioso em relação ao livro. Acho genial quando os autores escrevem o livro durante a adolescência, pois assim eles REALMENTE tem noção do que passamos, os pensamentos mais comuns e etc.
    Quero conhecer a história e conhecer o Henry, me identificar. Adoro quando isso acontece, quando vemos um pouco de nós em um personagem.
    Pena que o livro é um pouco carinho, né.. hahaha
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi

    Começo a achar que esse não é para mim :) apesar de parecer muito bom e ter ficado curiosa sobre o estilo do autor. Vou pensar se compro rsss

    ResponderExcluir
  5. AI QUE BOM QUE VOCÊ GOSTOU <3 Eu adoro esse livro e quero ler novamente! <3333333333333 *mil corações*

    ResponderExcluir
  6. Hey
    Não conhecia esse livro.. achei o plot interessante!
    Quando eu era adolescente a única coisa que eu escrevia eram fanfics haha

    adorei seu blog, estou seguindo

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  7. Ahhh , estou louca pra ler este livro. Está na minha lista de desejados desde que vi pela primeira vez. Ótima resenha !!

    http://relembrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir