3 de novembro de 2012

Resenha: Generation Dead - Daniel Waters


Por um motivo desconhecido, um fenômeno estranho vem acontecendo nos Estados Unidos. Após morrerem, alguns adolescentes retornam a vida. Com algumas diferenças, na maneira de falar e andar. Eles são chamados de “living impairedou “differently biotic” e estão sofrendo para continuar vivendo em um lugar onde não são mais aceitos.
Phoebe é uma menina que é excluída pelos colegas, por ouvir músicas diferentes e se vestir de preto a maior parte do tempo. Ela começa lentamente a sentir algo por Tommy. Um menino gentil, legal e... Morto. Eles começam a passar tempo juntos e isso não é bem visto pelo resto das pessoas.
Antes de qualquer coisa, não pensem que esse livro é um livrinho sobre o colegial com zumbis e humanos. É um livro que trata acima de tudo sobre preconceito. E fala muito bem sobre esse assunto.
A sociedade não aceita essa nova “espécie” de pessoas, eles não tem direitos e são excluídos na escola em qualquer situação. Tommy é um dos primeiros que tenta quebrar a regra, entrando para o time de futebol do colégio. O resultado é seus colegas de time inconformados com isso, e planejando dar um fim em Tommy.
Pete tem ódio dos living impaired. Ele quer que eles tenham um fim, e não vê problemas em sair da linha e ir além do limite para conseguir isso. Pete é um personagem muito bem construído, frio e sem coração.
É um livro que marca, porque a maneira como o preconceito contra eles é retratado é real e é cruel. Daniel Waters pegou uma história interessante e adicionou um tema forte, e desenvolveu tudo isso de uma maneira brilhante.
Eu adorei os personagens, adorei os acontecimentos, adorei a alternância dos focos de narrativa e adorei como esse livro fez com que eu abrisse os olhos para algumas questões.

10 comentários:

  1. Já tinha visto esse livro no goodreads, mas não tinha realmente lido sobre o que se tratava. Adorei a ideia por trás da história.

    ResponderExcluir
  2. Que livro lindo!!! *-*

    Beijo,
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  3. Nunca ouvi falar nesse livro, mas eu gosto dos que trazem como tema o preconceito. Espero ler ele em breve!

    Beijos!
    http://bagaco-de-laranja.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bem curioso, mas realmente não deu pra não pensar em Sangue Quente, rs.

    E é um livro só? Explica pq eles retornaram à vida ou isso fica em aberto?

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já adicionei esse livro na minha lista de desejados tem um tempo, eu realmente gosto demais desse tema, e ainda por cima o livro te faz refletir sobre preconceito, como não querer.

    bjks

    ResponderExcluir
  6. EBA! Adoro quando você gosta de um livro que eu indiquei, sério <3 DNASDNWKJSANDJWDNSKJANWD QUERO OS OUTROS LIVROS A SÉRIE ):

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho vontade de ler esse livro desde a primeira vez que eu vi uma resenha de Generation Dead, no Viaje Na Leitura, feita pela Ni (sim, a ni aí de cima ^0^)

    Gostei da resenha e quero muito comprar esse livro. A única coisa ruim é que o prazo de entrega desse livro se for comprar pelo site da livraria cultura é de 6 semanas (S.E.I.S) mais o prazo do frete. Ou seja, acho que não aguentaria esperar uns 2 meses por um livro.

    Esse livro parece ser do tipo que a Galera Record publicaria ^-^

    x

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabi

    Eu tenho esse livro faz tempo na estante, não achei que fosse muito além dos zumbis, gostei disso. Faz tempo que disseram que a Galera tinha os direitos, mas não foi anunciado.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com vontade de ler esse livro,depois de sua resenha

    ResponderExcluir
  10. AH, eu não sabia que o livro tinha essa questão mais profunda, Gabi.. eu via a capa com a menina loira e etc e pensava justamente isso.. clichê e idiotinha.. Paguei a língua!
    Beijão!

    ResponderExcluir