15 de março de 2013

Resenha: O segredo de Emma Corrigan - Sophie Kinsella


Estou começando a achar que chick-lit não é mais meu gênero. Escolhi Sophie Kinsella para ler em um lindo dia onde estava bem doente e não consegui ir para a escola. É minha segunda experiência com a narrativa da autora e eu digo, não é ruim.
Mas é aquela história de preferências, e o chick-lit não está mais me agradando como costumava. O livro conta a história de Emma Corrigan, que acha que seu avião vai cair, bebeu um pouco demais e acaba desabafando todos os seus segredos para um homem sentado ao seu lado. Todos. Todinhos.
Ela esperava que nunca mais fosse ver a pessoa na sua vida, mas não é bem assim que as coisas acontecem.
O livro é muito engraçado. Tem cenas que eu fiquei com vergonha pela Emma, que eu fiquei vontade de cavar um buraco e me esconder dentro. Acho que esse é o principal ponto dos chick-lits, eles são engraçados. São livros para passar o tempo e se divertir.
Jack, o homem para quem Emma conta sua vida inteira e mais um pouco, proporciona as cenas mais engraçadas. Onde ele coloca Emma nas situações mais apertadas possíveis, porque ele sabe dos segredos e faz com que ela tenha que mentir mais uma vez sobre eles.
A voz que a autora dá para os personagens é muito real. Eu consigo imaginar tudo como um filme na minha cabeça. Sophie Kinsella sabe muito bem como narrar um livro e como criar personagens.
Eu, infelizmente, não gostei de como tudo aconteceu no final. Achei que foi corrido e foi muitas informações, muitas coisas acontecendo em poucas páginas. Talvez se fosse desenvolvido com mais calma eu teria gostado um pouquinho mais.
É um ótimo livro de chick-lit, sem dúvidas nenhuma. Mas o gênero não está mais funcionando comigo.

5 comentários:

  1. Oi Gabi

    Fiquei imaginando esse estranho para quem ela contou tudo ser o chefe novo ou professor, que horror rsss
    Não sou muito de chick lit também, as vezes pego um para ler.

    ResponderExcluir
  2. Eu só li um livro da Sophie até agora e tenho muita de vontade de ler os outros. Fiquei curiosa para ler esse livro e chick lit ainda funciona comigo. haha :P

    ResponderExcluir
  3. 3 estrelinhas????? Não creio ): Meg já era, mais Sophie ainda consegue me fazer feliz <3 uma pena ): </3

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabi
    Poxa, entendo totalmente essa sensação, acho que o mesmo está acontecendo comigo, mas em relação aos livros mais teen/high school :/ Nunca li nada da Sophie e ainda espero ler, todo mundo fala bem, só tenho que tomar cuidado para não começar a ler "tarde demais" ne? hahah

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. É, tem momentos e livros que não tão mais certo para a gente, né?
    Eu gosto de alguns chick-lits, mas esses dias fui tentar ler um, acho que a autora era Sarah Manson, mas não deu certo. Achei fraco, não curti. Agora, tem outros que eu gosto. Eu gostei de O Segredo de Emma Corrigan. Mas estou com um sério problema com as minhas últimas leituras. Acho que estou exigindo muito de livros que não devem ser exigidos e não estou conseguindo lê-los, por mais louco que eu esteja para fazê-lo.
    Enfim.
    Beijão, Gabi!

    ResponderExcluir