13 de maio de 2013

Resenha: Clockwork Princess - Cassandra Clare

Terminar o último livro de uma trilogia é estranho. Você percebe que é realmente o fim e que a única maneira de rever os personagens é relendo os livros. E eu vou reler As Peças Infernais em um futuro não muito breve, porque eu vou sentir falta.
Apesar do fato de ter lido um baita spoiler antes de começar Clockwork Princess - tem spoiler da árvore genealógica que veio no livro - eu consegui, ainda assim, me surpreender com a maneira que a  Cassandra Clare fez tudo acontecer. 
Clockwork Princess fecha a história de Tessa, Will, Jem e todos os outros personagens contra o Mortmain e suas invenções. E a autora terminou essa série de uma maneira extremamente digna.
Eu não sou a maior fã de triângulos amorosos, mas algo faz com que eu não importe com o fato de existir um triangulo amoroso enorme nessa trilogia. Eu  adoro os personagens. Tessa é uma personagem feminina incrível, Will é maravilhoso e o Jem é adorável. E um ponto que eu adoro na narrativa da autora, é a importância que ela dá para os personagens secundários e como eles acrescentam na história.
Cassandra Clare continua com sua narrativa maravilhosa, e nessa trilogia, ela realmente escreveu sobre a Londres antiga, com o vocabulário e com a maneira que eles falavam antigamente. Se for comparar o inglês que ela usa em Instrumentos Mortais e o que ela usa nessa série, é extremamente notável e admirável a diferença. 
Eu recomendo As Peças Infernais, o romance é lindo e mais lindo que o romance, eu acho a amizade do Will e do Jem. Eu chorei em algumas cenas entre os dois nesse livro. A Cassandra Clare escreveu um final real, um final que não é milagroso e que respeita as regras do ciclo de vida. E por mais que eu tenha chorado e chorado e chorado, eu gostei do final. Foi triste, e a maneira como ela escreveu certa parte do livro foi maravilhosamente triste. 
Eu cheguei a conclusão que gosto mais dessa trilogia do que Os Instrumentos Mortais. E eu recomendo bastante!

5 comentários:

  1. Oi Gabi

    Ih eu só li o 1º, então não sei como estão as relações nesse ponto, até onde fui o Will só avacalhou a Tessa, não me entenda mal, eu gosto bastante dos 2, o Will é uma figura.

    ResponderExcluir
  2. Oi
    ainda não lio nenhum mas pretendo ler logo logo ^^
    estou seguindo seu blog!
    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, Gabi, gostei muito da sua resenha. ]Você não teria este livro para me enviar por e-mail? alfg2008@gmail.com, eu ficaria muito grata/! Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. OI Gabi!
    Eu ainda não li esta triologia, mas fiquei bem curiosa, eu adoro romances.
    Essa capa é linda!

    Beijinhos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi,

    Adorei a resenha! Me deixou com muita vontade de ler a trilogia, como uma grande fã de romances que sou!
    Um abraço

    ResponderExcluir