19 de julho de 2013

Resenha: O Palácio de Inverno - John Boyne

A vida de Geórgi Jachmenev tem uma mudança drástica de rumo quando ele salva a vida do irmão do czar da Rússia. Ele é levado da pacata vila de Cáchin, onde morava e passa a viver no Palácio em São Petersburgo.
Suas tarefas consistem em cuidar do czaréviche Alexei, futuro czar do país e evitar que algo aconteça com o menino. A vida no Palácio é completamente diferente da vida que ele levava, luxuosa e maravilhosa, ele acaba conhecendo Anastácia Romanov, a irresistível filha mais nova do czar.
O Palácio de Inverno não é narrado de forma linear. Os capítulos se alternam entre a vida de Geórgi com dezesseis anos, na Rússia e depois mais velho, vivendo na Inglaterra com sua esposa Zoia.
A base para os acontecimentos do livro são fatos históricos, mostra como a Primeira Guerra Mundial abala com a família Romanov, que já estava no governo por 300 anos quando vê a população da Rússia se rebelar contra eles e todas as consequências que esses fatores trouxeram para o país.
A alternância de capítulos faz dessa, uma leitura dinâmica e maravilhosa. O leitor fica imerso no mundo que Geórgi vive, e vai ligando os pontos e as histórias de todos os momentos da sua vida. É a minha primeira experiência com a narrativa de John Boyne e fiquei impressionada como ele fez de uma história simples, um livro incrível.
Apesar de já conhecer a história da família Romanov, o livro não deixou de ser surpreendente em diversos motivos. O enredo criado pelo autor, o desenvolvimento dos personagens e de suas histórias foi algo que me deixou vidrada no livro, sem querer que terminasse.
A maneira como o autor finaliza o livro, me deixou com o coração partido, lágrimas nos olhos e com a sensação de que, por mais que eu soubesse o que acontecia, no momento que os personagens do meu livro de história do colégio se transformaram em pessoas em um livro de ficção, o destino deles me deixou muito triste.
John Boyne utilizou um fato que por muito tempo fora uma brecha na história da família Romanov para escrever o final e o que ele fez, foi genial.
O Palácio de Inverno é um dos melhores livros que eu já li. Foi um dos livros que eu terminei chocada pensando “como alguém consegue escrever algo tão esplêndido?”. Virei a última página querendo começar tudo de novo
Recomendo muito.
5/5

9 comentários:

  1. Oie!

    Uauu, fiquei curiosa para ler depois de ler sua resenha.
    Eu não conhecia este livro.

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Meu Deus, Meu Deus, Meu Deus, Meu Deus e Meu Deus hahahaha, depois dessa sua resenha e dessa capa vou comprar imediatamente, beijos vou lá !!!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Amei esse livro!!
    Sou fissurada na família Romanov...
    Já li, tb um livro maravilhoso tb sobre o assunto.
    "Os Últimos dia dos Romanovs"

    Abç

    ResponderExcluir
  4. Gabi, John Boyne fez um trabalho surpreendente nesse livro.
    E por coincidência essa semana terminei um outro dele maravilhoso!!
    "O pacifista"!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Gabriele,

    Li e resenhei esse livro no blog e concordo com você ele é excelente, o autor é um dos meus favoritos...parabéns pela resenha e pelo blog....seguindo...tem post novo no meu se quiser passa lá...abraços e sucesso.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Realmente, o John Boyne faz mágica com as palavras. Li O menino do pijama listrado e Noah foge de casa e sou apaixonada por ambos, daí quando comprei O palácio de inverno não consegui avançar... Mas vou retomar em breve e aposto que vou amar. Sua resenha ficou muito bonita!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Eu AMOOOO esse livro! Foi o melhor livro que li em 2012 e tb o terminei com essa mesma sensação que vc descreveu na resenha: "como algo pode ser tão maravilhoso?!" Adorei a resenha!! <3

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabi

    Nossa esse parece impactante, e a sua resenha me deixou com muita vontade de ler, colocarei na lista de compras, eu gosto bastante de História e pelo visto estou perdendo por ainda não ter lido o autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa não estava ligando o nome a pessoa, já li um livro do autor sim /o\ mas não li nenhum dos adultos.

      Excluir