8 de outubro de 2013

Resenha: "A Ilha dos Dissidentes" - Bárbara Morais

Sybil Varuna foi a única sobrevivente do naufrágio do navio Titanic III. Sendo sua sobrevivência extremamente improvável, são feitos diversos exames e ela descobre ser uma mutante. Sybil é então transferida da sua cidade Kali, que ficava em meio a uma zona de guerra para Pandora, para onde todas as pessoas que apresentam mutações são levadas. 
Lá, Sybil é acolhida por uma nova família, faz amigos e conhece uma realidade completamente diferente daquela vivida por ela em Kali. Apesar de sua nova vida parecer perfeita, ela acaba percebendo que existem questões muito mais sérias por trás de tudo que esta acontecendo.

O mundo distópico criado pela Bárbara Morais é intrigante e muito bem construído. A Ilha dos Dissidentes é um ótimo início para a trilogia, a autora introduz as características do seu mundo, o governo e alguns dos problemas existentes. A narrativa é muito boa, rápida e as cenas de ação são muito bem descritas.
O livro contém um pequeno conflito que faz parte do conflito maior, que provavelmente engloba os acontecimentos dos próximos volumes. O livro em si, é muito inteligente e bem pensado. O tema da segregação de grupos diferentes, as diferenças sociais existentes entre as diversas cidades, as zonas de guerra e como são exploradas, torna esse livro inteligente, bem pensado e maravilhoso.
Eu gostei muito dos personagens. Cada um tem suas características e todos são bem construídos e desenvolvidos. Com poucas páginas de leitura, eu já estava imersa na narrativa e só consegui me tranquilizar quando terminei o livro.
Fazia tempo que eu não me animava com uma trilogia, mas eu estou muito empolgada em continuar lendo à sobre os anômalos. Sendo o livro introdutório tão bom, acredito que os próximos irão desenvolver tudo de uma maneira maravilhosa. O livro me surpreendeu muito. Distopia é um dos meus gêneros favoritos e fiquei muito feliz de ter gostado tanto de A Ilha dos Dissidentes. É a primeira distopia nacional que eu leio e é de muita qualidade. Recomendo muito.

9 comentários:

  1. Oi Gabi, confesso que sua resenha me deixou muito animado para ler esse livro! Eu já tinha ouvido falar nele, mas estava em dúvida se comprava ou não. Não costumo ler muitos livros de autores nacionais, mas esse parece ser muito bom.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi, é muito bom ver como a literatura nacional está crescendo e com ótima qualidade, tem vários livros brasileiros que quero muito ler, e o livro da Bárbara Morias é um desses.
    Beijos
    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi!

    Já estava empolgada para ler esse livro da Bárbara e a sua resenha conseguiu me fazer aumentar as minhas expectativas. É maravilhoso saber que tem autores nacionais apostando em distopias. Espero ter a oportunidade de ler o livro logo!

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  4. Conheci a autora na Bienal no evento de café da manhã dos blogs parceiros da Gutenberg, com certeza desejo ler esse livro!!!
    Gabrielle espero que possa ler meu livro "Feitiço" publicado pela Novo Conceito.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    http://lizajoneslivros.wix.com/lizajones

    ResponderExcluir
  5. Estou super ansiosa para ler esse livro, cheia de expectativas de ser uma leitura sensacional. Distopia não é meu gênero favorito, mas quando um título chama minha atenção assim, eu sempre fico curiosa para ler.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Achei muito interessante! Estou procurando uma nova distopia para ler e adorei o livro ser nacional :D
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  7. TEORIAS, TEORIAS, MUITAS TEORIAS SOBRE OS PERSONAGENS!

    ResponderExcluir
  8. GAAAAAAAAAABI! Sei que você nunca ouviu falar de mim, maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas graças a louquinha da Ni, já sei de tudo sobre você (não que ela tenha me passado seus dados - que isso, mas por ela falar de você nos vídeos, posts... enfim) Estou ansioso com esse livro além de ser nacional é distopia o que me deixa bem curioso, cá entre a gente, distopia é bem legal não é? Já disse que estou ansioso para conhecer a história?

    Um beijo do gordo,
    www.setecoisas.com


    (e ela me passou os dados, vou te raptar)

    ResponderExcluir
  9. Eu sei que você nasceu por volta de 1996, ah e a Ni não passou tá?

    agora fui, bj

    ResponderExcluir