12 de novembro de 2013

Resenha: Laços de Sangue - Richelle Mead

Sydney Sage é uma alquimista e seu trabalho consiste em manter a existência de vampiros em segredo. Ela é enviada para Palm Springs em uma missão onde deve proteger Jill, uma vampira da realeza que quase foi assassinada, fazendo com a menina não seja descoberta e permaneça segura. 
Durante a missão, as duas vão morar em um colégio interno alegando serem irmãs e a tarefa acabará sendo mais difícil do que o planejado.
Eu não li “Academia de Vampiros” antes da série Bloodlines, então não estou em posição para comparar as duas séries da Richelle Mead. Acredito que as explicações mais corridas sobre os Moroi, Strigoi e sobre o mundo criado pela autora são por isso, tudo já foi explicado em Academia de Vampiros. Isso não atrapalhou minha leitura, mas em alguns momentos onde algo que provavelmente aconteceu na outra série era mencionado, eu me senti um pouco perdida.
Sydney é organizada, metódica, seguidora de regras e certinha. Eu me vi muito na personagem, o que fez com que eu me interessasse pela vida dela e por tudo que estava acontecendo ao seu redor. Todos os personagens foram bem desenvolvidos e construídos. Achei Jill um pouco irritante em alguns momentos devido as suas inúmeras reclamações da vida e Adrian é realmente apaixonante. Ele é o típico personagem clichê com um ego enorme, engraçado, sarcástico, cheio de flertes, mas que no fundo tem um bom coração.
O enredo desenvolvido pela Richelle Mead foi inesperado em alguns pontos e bem previsível em outros. Achei que muitos dos conflitos menores foram resolvidos de forma rápida e fácil, sem deixar o leitor intrigado pensando no que pode estar acontecendo.
Fazia muito tempo que eu não lia sobre vampiros e preciso admitir que "Laços de Sangue" foi um ar fresco para essa mitologia. A narrativa da autora é rápida, dinâmica e é difícil soltar o livro no final, onde tudo começa a fazer sentido. É um bom livro para entreter e passar o tempo.
Pretendo começar a ler Academia de Vampiros, mas não tenho certeza se irei prosseguir com as duas séries, que são bem longas. Vou esperar para ver como a autora vai desenvolver a história e os personagens no decorrer de Bloodlines.

3 comentários:

  1. Segunda resenha que leio sobre esse livro. E positiva. Me interesso muito por estórias com vampiros e a escrita de Richelle é bem elogiada por aí, então, fiquei bem curiosa com o livro ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm ainda não li Academia de Vampiros, mas esse livro parece ser bem legal. Faz tempo que eu não leio um livro bom que tenha vampiros...

    bjs,
    Samira
    http://spoiledonbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Também se senti necessitado a ler Academia de Vampiros, acho que a autora criou Bloodlines para atrair os leitores para sua primeira série. Eu gostei bastante da trama, é bem jovial e revivi o conceito de vampiros, apesar de um pouquinho mudado.

    Beijos <3

    ResponderExcluir