17 de agosto de 2014

Resenha: Isla and the happily ever after - Stephanie Perkins

O meu último contato com a narrativa da Stephanie Perkins foi em 2012 com a minha leitura de Lola e o Garoto da Casa ao Lado. Desde então eu venho esperando o próximo lançamento da autora agora eu finalmente pude ter meu coração preenchido com cenas fofas e personagens interessantes.
Em “Isla and the happily ever after” nós voltamos ao colégio interno que ambienta a história de “Anna e o Beijo Francês” para acompanhar o ano de Isla. Ela que é uma menina introspectiva, tímida e que tem uma quedinha por Josh.
O enredo do livro segue esse desenvolvimento de amizade/relacionamento entre os dois e diversas pedras que vão aparecer no caminho para o ‘felizes para sempre’.
A narrativa da Stephanie Perkins é adorável. Por mais que Isla não se tornou o meu favorito da autora, ainda é um livro que me deixou muito feliz. Feliz porque foi um livro leve, bem desenvolvido e com personagens interessantes de se ler sobre.
Isla é tímida. Ela tem medo de se arriscar na vida e seu último ano do Ensino Médio acaba fazendo com que ela tenha que tomar decisões sobre o seu futuro. Eu vi muitos traços da minha personalidade nela e a autora retratou muito bem o que é ter medo de arriscar, medo de sair da zona de conforto. Josh é um mocinho que tem várias camadas, que pode parecer uma pessoa que não se importa com nada, mas que no fundo, existem motivos e explicações.
O enredo é bem desenvolvido. Acho que algumas partes foram corridas demais e por mais que a Isla tenha me incomodado com o que ela faz na festa de natal, eu consigo entender o motivo pelo qual ela fez o que fez. É isso que eu gosto nos personagens da Stephanie Perkins, eles são reais e cometem erros reais.
As ações da Isla condizem com a personalidade insegura dela e isso a tornou uma personagem completa. Ela não se torna extrovertida e segura de si de uma hora para outra, existe um desenvolvimento gradual. A autora faz com que ela vá aprendendo com os erros e se conhecendo melhor.
Eu senti falta de personagens secundários mais significativos. Kurt, o melhor amigo de Isla, não preencheu esse espaço completamente e acho que essa parte poderia ter sido mais bem desenvolvida. Também, acho que Josh merecia um pouquinho mais de atenção, eu queria ter lido mais sobre a vida dele e sobre seus pensamentos e impressões.

Eu recomendo a leitura. Tanto desse quanto dos outros dois livros da autora, são jovens adultos contemporâneos leves, bem escritos e com personagens incríveis. 

3 comentários:

  1. Oi Gabi!!
    Já li Lola e Anna e sem duvidas, os romances da Perkins são uma graça.
    Vi sobre o lançamento de Isla mas é a primeira resenha que leio dele. Sem duvidas, lerei o livro! É legal estar de volta ao ambiente de Anna e com uma personagem que descrita por você, parece comigo hahahahahaha.
    Espero gostar! :)
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A Perkins é uma linda que sabe conduzir bem uma trama, mesmo trazendo uma narrativa tão leve algumas vezes. Amo a escrita dela e espero que lancem logo esse livro por aqui, sua resenha me encantou <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nhooooooo, bom saber que o livro não decepciona <3 fiquei com receio de ler tua resenha e descobrir que os livros da Perks também ganharam um novo olhar, no qual ficam mais... Chatinhos ou algo assim. Estou com saudade dos feels que a Perks já me trouxe <3

    ResponderExcluir